Subtenente da Polícia Militar é morto com um tiro em lava a jato em São Luís
Publicado em 18/10/2021 às 05:45
Por: Isisnaldo Lopes

O subtenente da Polícia Militar, Israel Silva Nonato Filho, foi morto com um tiro na noite do último sábado (16) em um lava a jato situado no bairro Coroado, em São Luís. O militar, que era lotado na Assembleia Legislativa do Maranhão, foi surpreendido por uma dupla que estava em uma motocicleta.

Segundo o delegado Jefrey Furtado, que acompanha o caso, a vítima estava conversando com algumas pessoas no estabelecimento quando os dois suspeitos, ainda não identificados, chegaram armados ao local e disparam contra Israel Silva, que foi atingido no olho. A dupla ainda levou da vítima um cordão e um bracelete, e logo após fugiram sem deixar pistas. O subtenente ainda chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

"Segundo informações eles chegaram ao local, estacionaram e pararam o veículo no meio da rua ao lado do veículo da vítima, que estava em frente ao lava a jato, ocasião em que o garupeiro desceu armado com uma arma de fogo e seguiu em direção a vítima que estava sentada numa cadeira juntamente com outras pessoas. A pessoa que estava armada, efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu o olho da vítima. Ela caiu na calçada e em seguida essa pessoa pegou o cordão e o bracelete, que foram subtraídos. Os indivíduos fugiram no rumo da Avenida dos Africanos tomando rumo ignorado", relatou.

O delegado disse que a polícia está trabalhando, inicialmente, com a hipótese de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, mas não descarta outras possibilidades. "Tendo em vista esses primeiros elementos de investigação a gente está trabalhando com a hipótese inicial de latrocínio, pelo fato do cordão e da pulseira terem sido subtraídos. Entretanto, ainda é muito cedo para gente bater o martelo e dizer que foi realmente um latrocínio. A gente vai ter que fazer uma investigação mais aprofundada, verificar a vida pregressa da vítima, saber se ela tinha inimigos, como também investigar essa hipótese bem contundente do latrocínio. Então, é muito cedo para dizer se foi realmente um latrocínio, mas essa é a primeira linha de investigação que está sendo tomada de acordo com que já foi levantada até o presente momento".

De acordo com o delegado Jefrey Furtado as câmeras de videomonitoramento que estão instaladas na rua onde aconteceu o crime serão usadas para tentar identificar os suspeitos envolvidos na morte do subtenente Israel Silva Nonato Filho. "Nós já analisamos as rotas de chegada e possível rota de fuga dos assassinos e a gente conseguiu coletar várias imagens nesse transcorrer, tanto na chegada como na fuga, e a gente vai analisar essas imagens e vê se vai ser possível identificar essas pessoas através dessas diligências”, finalizou.

O caso está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), situado na capital.

 

 

 

 

 

g1/ma

Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.